Abílio denuncia falso vídeo de agressão a padrasto; Emanuel nega autoria

Idoso exibido em vídeo nega que tenha relação com políticos e qualquer vínculo de parentesco com o candidato

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O vereador e candidato a prefeito de Cuiabá, Abílio Brunini (Podemos), acusou a campanha do prefeito e candidato à reeleição Emanuel Pinheiro (MDB) de patrocinar um vídeo no qual um idoso de 75 anos simularia ser o seu padrasto e narrar uma agressão física, o que seria notadamente falso.

Por isso, a Coligação “Cuiabá para Pessoas” ingressou com nova representação na Justiça Eleitoral contra o prefeito Emanuel Pinheiro, alegando disseminação de fake news.

O candidato Abílio Brunini publicou um vídeo em suas redes sociais ao lado de sua mãe e com depoimento de João Batista, seu verdadeiro padrasto.

“Esse vídeo, isso aí é uma vergonha. Eu quero pedir pra você eleitor, está aqui meu enteado, não tenho nada contra ele, admiro ele, uma pessoa honesta, uma pessoa trabalhadora e é isso que Cuiabá precisa de um prefeito que tem caráter, que tem dignidade e honestidade”, afirmou João.

O vídeo com o ator foi disseminado nas redes sociais desde quinta-feira (26) via Facebook e Whatsapp.

Abílio ainda aproveitou a oportunidade para classificar a disseminação do vídeo como um ato de desespero de seu adversário.

“Fake news não tem limite. A turma do paletó está desesperada, porque vão perder o mandato da prefeitura. A gente vai procurar as providências, vamos acionar a polícia e não vamos aceitar esse tipo de fake news e esse tipo de ação. Gente, não caia fake news, eles estão armando de tudo”, disse.

Nesta última semana de campanha eleitoral, os candidatos Abilio Brunini e Emanuel Pinheiro têm protagonizado intensos ataques de ordem pessoal.

Em meio à polêmica, o idoso tido como padrasto de Abílio apareceu em vídeo para informar que foi abordado e questionado a respeito do que achava de alguém que agredia um idoso. “Me usaram e colocaram nas redes sociais. Não conheço o Abílio e o Emanuel. Não vivo de política. Não sei o nome da pessoa que veio aqui”, disse.

Emanuel nega qualquer relação com a produção do vídeo

Em nota encaminhada à imprensa, o prefeito e candidato à reeleição Emanuel Pinheiro negou que tenha qualquer relação com a produção do vídeo que acusa Abilio Bruni de ter agredido o próprio padrasto. Confira a íntegra:

“O prefeito de Cuiabá e candidato à reeleição, Emanuel Pinheiro, da coligação “A Mudança Merece Continuar”, diz que desconhece a procedência de vídeo que circula por meio de aplicativos celulares apontando supostas agressões ao padrasto do candidato adversário no segundo turno.

Mediante as acusações imputadas ao prefeito de Cuiabá, a assessoria jurídica informa que irá acionar a Polícia Judiciária Civil para que identifique o autor do vídeo e que adote as providências cabíveis ao caso.

Oportuno lembrar que em todas as peças publicitárias de campanha criada pela Coligação é necessário que se conste o número do CNPJ e que sejam veiculada em horário eleitoral gratuito de TV e rádio e nos perfis oficiais do candidato.”

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMais de 500 profissionais vão reforçar segurança no segundo turno em Cuiabá
Próximo artigoMãe Bonifácia reabre amanhã com multa de até R$ 5 mil para quem quebrar regras