“A gente não quer um shopping na rodoviária, quer banheiro limpo”, diz secretário

Governo se prepara para lançar nova licitação e desfigura projeto de "rodoviária shopping"

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Enquanto Marcelo Duarte planejava “revolucionar” a Rodoviária de Cuiabá, transformando-a em um shopping, Marcelo Oliveira quer apenas um banheiro limpo.

O primeiro Marcelo era secretário de Infraestrutura e Logística de Mato Grosso (Sinfra) na gestão Pedro Taques (PSDB). Em junho de 2018, eles apresentaram o que queriam para o terminal Engenheiro Cássio Veiga de Sá: elevador panorâmico, escadas rolantes, painéis de iluminação solar, telas com horários de partidas do ônibus, ar condicionado e mais.

A licitação teve como vencedora a empresa Jotamar Comércio de Peças e Transportes Rodoviários. Contudo, ela foi inabilitada pela atual gestão da Sinfra. A empresa briga na Justiça para assumir a concessão.

Atualmente, é Marcelo Oliveira quem responde pela Pasta, desde o início de 2019. Ao LIVRE, ele disse ter desfigurado o projeto da gestão passada.

Foi totalmente alterado. A rodoviária é aberta, ampla. Ela é normal e sem nada, e vai continuar a mesma coisa que está hoje, sem problema nenhum”, informou.

Marcelo Oliveira disse ter conhecido outras rodoviárias pelo Brasil e não vê a necessidade de transformar o terminal rodoviário em um shopping center. Ele ainda afirmou que, na sua concepção, o terminal de Cuiabá “é a rodoviária mais bonita que tem no Brasil”.

Foi concebida com um projeto arquitetônico muito bonito”, defendeu. 

Conforme o secretário, a prioridade da Pasta, ao promover a licitação para administração do espaço, é tornar o local seguro e organizado.

O que a gente quer para a rodoviária não é shopping, não é isso ou aquilo outro. Queremos chegar duma viagem cansados, entrar na rodoviária, ter um banheiro limpo, bonito. Um local para a pessoa chegar e tomar um bom banho, comer uma boa comida, ter segurança. É a coisa mais normal”.

O secretário não apresentou o novo projeto do espaço, mas informou que o novo conceito deve ser lançado até fevereiro de 2020. Segundo ele, no momento a Sinfra encerra algumas tratativas com o Ministério Público e, em seguida, publica a licitação.

Atualizada às 11h20, em 30/12

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

  1. O site tem que questionar o secretário sobre a tarifa que o usuário paga para usar a rodoviária. Se ela vai reduzir já que a empresa que ganhar o projeto que ele quer não terá que fazer nenhum investimento a não ser embelezar banheiro. Deve zerar a tarifa né?

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTarifa branca de energia será ampliada a pequenos consumidores em 2020
Próximo artigoNo serviço doméstico remunerado, maioria é mulher, negra e idosa, diz Ipea