A fake news dos respiradores

Secretaria de Saúde de Mato Grosso afirma que realizou duas avaliações nos aparelhos chineses e eles estão em bom funcionamento

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) desmentiu as afirmações de que parte do lote de respiradores comprados na China não seriam adequados para o tratamento da covid-19. 

O governo de Mato Grosso sustenta que autorizou dois laudos nos aparelhos para averiguar o funcionamento e a qualidade. Um foi realizado pela Santa Casa e outro por uma empresa particular. 

Conforme o médico Abdon Karhawi, infectologista orientador das ações do governo no combate ao novo coronavírus, a informação de suposto erro é “mentirosa” e de “má índole”. 

“Infelizmente, algumas pessoas de má índole estão fazendo essa divulgação, tentando desacreditar a compra e fazendo com que a população fique insegura”, disse. 

A informação sobre a suposta inadequação dos aparelhos circulou nesta segunda-feira (8) em grupos de WhatsApp e alguns sites de notícias.

As fake news – como o governo vem classificando – davam conta que alguns respiradores comprados na China não cumpririam a função necessária para pacientes em situação grave da covid-19. 

Essa avaliação teria sido confirmada por médicos da Santa Casa em Cuiabá que preferiram ficar no anonimato. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorQueimadas dão as caras
Próximo artigoPolícia desmonta ponto de tráfico em bairro de alto padrão em Cuiabá