À espera do prefeito

Representantes do comércio aguardam pronunciamento sobre a quarentena obrigatória para recorrer da decisão judicial

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

Entidades do comércio vão esperar um posicionamento do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) para decidir se vão recorrer da decisão do juiz da Saúde Pública, José Leite Lindote, que determinou a adoção de medidas mais rígidas de controle social na Região Metropolitana. 

A Federação do Comércio de Bens e Comércio (Fecomércio) e o sindicato que representa os shoppings centers se posicionaram contrários à decisão. O principal argumento é que o isolamento social apenas em Cuiabá e Várzea Grande não vai surtir o efeito esperado, pois pacientes do interior continuarão chegando para internação em hospitais da Capital. 

Para eles, o momento é de aumentar a fiscalização para o cumprimento de medidas de proteção individual, visto que a incidência da covid-19 está na casa dos 10 mil casos. 

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPrefeitura de Cuiabá vai recorrer da decisão que obriga bloqueio total da cidade
Próximo artigoNetflix anuncia continuação do clássico A Fuga das Galinhas