A derrota e o veto a projeto da AL

O governador Pedro Taques vetou o projeto que modificava a lei que criou o FEEF

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Um dia após amargar a terceira colocação na disputa pela reeleição, o governador Pedro Taques (PSDB) vetou integralmente o projeto que modificava a lei que criou o Fundo Estadual de Equilíbrio Fiscal (FEEF), aprovado pela Assembleia Legislativa, em junho. O ato, assinado na última segunda-feira (08), circula no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (09).

O texto trazia mudanças em alíquotas propostas pelo governo, como a destinação de 20% dos recursos aos hospitais filantrópicos, 20% à atenção básica dos municípios e 10% à assistência farmacêutica.

A projeção do governo é arrecadar R$ 15 milhões a mais por mês com o fundo, que tem duração de um ano. Taques foi derrotado por Mauro Mendes (DEM), eleito novo governador do Estado no último domingo (7).

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEnsino superior a distância é ferramenta de inclusão, defende ministro
Próximo artigoDiplomação é o próximo passo para os candidatos eleitos