50 anos separam o prefeito eleito mais novo do mais velho em MT

Ambos vão administrar cidades com menos de 20 mil habitantes e foram eleitos em disputas acirradas

(Foto: Reprodução/O LIVRE)

Quase meio século separa o prefeito eleito mais novo do mais velho em Mato Grosso. Rogério Meira (PP), de 24 anos, vai administrar Jangada (70 km de Cuiabá), município com 8,4 mil habitantes. 

Eleito no domingo (15) numa disputa acirrada com outros dois candidatos, teve vitória por diferença de menos de 0,5 ponto percentual. Rogério Meira recebeu 30% dos votos válidos e o segundo colocado 29,84%. 

A decisão não passou para o segundo turno por conta da densidade populacional – é necessário que o município tenha mais de 200 mil habitantes para prosseguir com a disputa. 

Conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Jangada tem exatos 8.451 moradores, sendo pouco de 5 mil aptos a votar. A renda per capita registrada está em R$ 8,4 mil. 

Conforme o site DivulgaCand, gerenciado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Rogério Meira é solteiro e tem formação escolar até o ensino médio. Seu vice, Dejacir da Costa Almeida (PT), tem 49 anos. 

O prefeito eleito mais velho vai administrar um município em que os números são mais que o dobro.

Nelson Orlato (PSB), de 73 anos, vai comandar Pedra Preta (243 km de Cuiabá). Também foi eleito numa disputa entre três concorrentes. A distância dele para os adversários nos votos válidos é maior, porém, abaixo dos 50%. 

Conforme o TSE, Orlato teve 39,12% dos votos, o segundo colocado recebeu 24,49% e o terceiro, 22,15%.

Ele vai administrar a cidade para 17,4 mil pessoas, cuja renda per capita está na casa dos R$ 23 mil. 

DivulgaCand informa que Nelson Orlato é casado e tem formação escolar até o ensino médio. Sua vice, Iraci Ferreira de Souza (PSDB), tem 53 anos.

Mato Grosso tem outros dois prefeitos na faixa etária abaixo dos 30 anos e acima dos 70 anos. Héctor Alvares (PSL), de 29 anos, foi eleito em Mirassol d’Oeste (215 km de Cuiabá) e Roberto Dorner (Republicanos), de 72 anos, em Sinop (500 km da Capital). 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorLuz ultravioleta para acabar com a covid? Vereador quer no comércio, empresários não
Próximo artigoInvestir no local: Emanuel diz que vai apoiar empresários cuiabanos