5 ferramentas para criar o seu e-commerce em tempos de crise

A vida é assim, exige que a gente se adapte diante das mudanças. O Coronavírus, nesse caso, demandou mudanças no modo como nos relacionamos com as pessoas, como devemos cuidar da nossa saúde e também como compramos.

O impacto do Covid-19 não foi apenas na saúde, mas inclusive na economia. Nesse contexto, esse período de quarentena comprovou o que os empreendedores mais antenados já sabiam: a tecnologia é uma importante aliada quando o assunto são negócios.

O exemplo claro disso são as compras online, pois se a ordem é evitar aglomerações, as ferramentas de delivery e e-commerce representam uma alternativa viável para restaurantes, lanchonetes e farmácias.

Além desses, outros segmentos do comércio viram a curva de vendas aumentar durante esses meses de pandemia. De acordo com pesquisas do site E-commerce Brasil e com a empresa Konduto, um desses segmentos é o comércio de brinquedos.

Diante das crianças passando mais tempo em casa e longe dos bancos escolares, a venda de brinquedos aumentou. O mesmo vale para o comércio de artigos esportivos, destinados para as pessoas praticarem exercícios físicos em casa.

A hora de digitalizar o seu negócio

Mesmo depois desse período nebuloso ocasionado pela pandemia, a tendência é que o comércio online continue em alta. A razão disso está na facilidade que as tecnologias digitais proporcionam. Se o comércio é digital, o consumidor também.

Hoje em dia pessoas que integram os mais variados perfis de consumidores dormem e acordam ao lado dos seus respectivos smartphones. Isso facilita a pesquisa de produtos e serviços, bem como a compra de novos produtos.

Quem tem a intenção de empreender, o primeiro passo é pensar digitalmente o seu negócio. Por outro lado, quem já está no mercado, mas ainda não abriu as portas para o mundo digital, ainda tem tempo.

No presente contexto, diante de uma boa hospedagem de site que proporciona protocolos de segurança, backups diários e outros recursos, você tem condições de criar o seu próprio e-commerce.

Além disso, a hospedagem é um dos recursos essenciais para qualquer projeto na web. Não há site ou loja virtual se antes não existir um servidor de hospedagem. 

Ferramentas para criar um e-commerce

Por falar em digitalização de negócios, quem deseja continuar a vender mesmo em tempos de isolamento social pode apostar em ferramentas e plataformas para a criação de um e-commerce profissional. 

Por isso, confira a seguir 5 opções para criar uma loja virtual com recursos profissionais. 

1 – Nuvemshop

Em se tratando de internet, a Computação em Nuvem reina absoluta. Quem diariamente utiliza o Google Drive, Dropbox e outras ferramentas baseadas na Cloud Computing, sabe o quanto ela facilita o acesso e o armazenamento de informações. 

E é nesse contexto, de Cloud Computing e e-commerce, que a Nuvemshop aparece como uma importante ferramenta.

Algumas vantagens que ela traz são as alternativas de layouts para personalização, integração com o Google Analytics para mensurar resultados e integração com os maiores players do mercado, tais como os Correios, Envio Fácil e o Jadlog. 

A ferramenta também tem integração com excelentes sistemas de pagamento. Alguns deles são o Wirecard, Paypal e o PagSeguro.

2Magento

Quem quer criar um e-commerce vai ouvir falar muito no Magento. Ele apresenta vários recursos mesmo na sua versão gratuita.

Alguns dos benefícios que a plataforma traz para a loja online é a escalabilidade. Não importa se é um e-commerce de pequeno ou grande porte, o Magento apresenta várias funcionalidades que podem ser acrescentadas conforme o crescimento do seu negócio.

3 – Vtex

Também baseada na Computação em Nuvem, a Vtex disponibiliza alternativas para lojas online por meio da tecnologia de armazenamento. Isso possibilita o acesso a recursos para personalizar sua loja de qualquer lugar, inclusive por meio de dispositivos móveis.

Outra vantagem é a possibilidade de integrar o seu sistema de inventário, de pagamentos e frete com a Vtex. Além disso, um e-commerce criado por meio da Vtex também pode contar com o sistema de SmartCheckout, agilizando o sistema de vendas.

4 – Shopify

Essa ferramenta pode ser adquirida por meio de assinatura, porém ela funciona gratuitamente por um período para novos usuários.

A Shopify tem com uma das suas principais características a fácil personalização. Sendo assim, graças a vários modelos de templates prontos, você pode criar um visual adequado para a sua loja online.

Essa ferramenta também conta com design responsivo, portanto ela é otimizada para diferentes tipos e tamanhos da tela. Isso valoriza um detalhe muito importante para qualquer negócio digital: a Experiência do Usuário.

Outra vantagem da Shopify é a sua integração com o Facebook, que é uma rede social bastante popular e conta com um grande alcance de público.

5 – WooCommerce

Se você possui um projeto online na plataforma WordPress, você pode evoluir para uma loja online utilizando um recurso chamado WooCommerce. Esse plugin apresenta diversas funcionalidades como chat online assim como você pode adicionar várias opções de chatbot, fácil personalização e alternativas de pagamento.

Sendo assim, o WooCommerce possibilita pagamento com cartão de crédito, cartão de débito, boleto bancário, transferência eletrônica e serviços como PayPal e o PagSeguro.

O mundo é digital e o seu negócio também deve ser 

A crise que estamos passando só acelerou a digitalização de empresas e dos negócios de forma geral. E o e-commerce é uma das áreas que se beneficia com isso. 

E então, diante de tantas possibilidades e vantagens, já escolheu qual será a ferramenta para criar o seu e-commerce?

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTraslado gratuito de corpos
Próximo artigoAumento de 125%: casos de covid-19 em MT mais que dobram em 10 dias