1,3 milhão a menos

Governo fez uma "limpa" no Bolsa Família que, aliás, pode mudar de nome

Pelo menos 1,3 milhão de pessoas deixaram de receber os recursos transferidos pelo governo federal por meio do programa Bolsa Família. Os dados foram coletados em novembro.

O cancelamento, segundo o Ministério da Cidadania, ocorre quando são identificadas irregularidades no cadastro. E mais de R$ 1,3 bilhão já foram economizados com isso.

O governo de Jair Bolsonaro, aliás, estuda “reformular” o programa. Até o nome pode ser alterado.

Criado em 2003, o Bolsa Família tem o objetivo de combater a extrema pobreza no país. Em 2020, o Orçamento da União prevê que R$ 29,5 bilhões sejam pagos em benefícios.

(Com informações da Agência Brasil)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.