13 de julho de 2017 - 17:28

Taques sobre condenação de Lula: “ninguém está acima da lei"

Governador ponderou, no entanto, que o processo ainda corre na segunda instância

da Redação

pautas@olivre.com.br

Ednilson Aguiar/O Livre

Governador Pedro Taques

Governador Pedro Taques: 'Ninguém está acima da lei'

O governador de Mato Grosso, Pedro Taques (PSDB), avaliou que a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por corrupção passiva e lavagem de dinheiro é um marco histórico para o País.

Segundo ele, o julgamento mostrou que "ninguém está acima da lei".

“É uma condenação em primeiro grau, temos que respeitar a ampla defesa, o contraditório e o duplo grau de jurisdição. Mas ninguém está acima da lei”, disse o governador na manhã desta quinta-feira (13), durante a entrega de 36 aparelhos de ar-condicionado na Escola Estadual Helio Palma de Arruda.

Lula foi condenado no caso que investigou a compra de um apartamento triplex no Guarujá, que fica no litoral do estado de São Paulo.

De acordo com a sentença, proferida pelo juiz federal Sérgio Moro, Lula teria ocultado a propriedade do imóvel.

Taques pertence ao PSDB, partido que fez oposição aos governos petistas de Luiz Inácio e Dilma Rousseff. Diversos membros do seu partido, inclusive o deputado matogrossense Nilson Leitão, comemoraram a condenação.

Em entrevista ao Livre, Leitão chegou a dizer que “Lula deve ser julgado como qualquer brasileiro que comete um ato ilícito”.

Leia mais