12 de janeiro de 2018 - 13:19

Bolsonaro sobre auxílio moradia: "usei para comer gente"

Em entrevista ao Jornal Folha de S.Paulo, o pré-candidato à presidência defendeu o recebimento da verba mesmo tendo moradia

da Redação

pautas@olivre.com.br

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC/RJ) se envolveu em mais uma polêmica. Nesta sexta-feira (12), em entrevista publicada pelo Jornal Folha de S. Paulo, o pré-candidato à Presidência da República, afirmou que utilizava a verba do auxílio-moradia para “comer gente”.

“Como eu estava solteiro naquela época, esse dinheiro de auxílio-moradia eu usava para comer gente. Tá satisfeita agora ou não?”, respondeu à jornalista. Bolsonaro questionou ainda se a repórter estava “satisfeita” com a resposta e completou. “Tá satisfeita agora ou não? Você tá satisfeita agora? Porque essa é a resposta que você merece”.

Bolsonaro questionou ainda se ela gostaria que ele prestasse “continha”. “olha, recebi R$ 3 mil, gastei R$ 2 mil em hotel, vou devolver mil, tem cabimento isso?”, pontuou Bolsonaro.

A verba ultrapassa os R$ 4,2 mil mensais e o parlamentar conta ainda com um salário de R$ 33.763 de salário. Conforme a publicação, o presidenciável recebe a verba mesmo tendo imóvel próprio em Brasília.

Bolsonaro foi “pego” pela reportagem de surpresa em frente a sua casa em Angra dos Reis. Ele está entre os poucos deputados que recebem o auxílio-moradia em espécie e não apresenta qualquer comprovante de contas. O parlamentar disse ainda que receber a verba tendo imóvel é um direito.