23 de fevereiro de 2017 - 17:21

Vereador quer verba indenizatória de R$ 20 mil por mês

Projeto de Lei da Mesa Diretora cria benefício para o presidente da Câmara

da Redação

Câmara VG

Chico Curvo

 

O presidente da Câmara de Vereadores de Várzea Grande, Chico Curvo (PSD), está disposto a enfrentar a opinião pública e os colegas de Legislativo para aprovar o projeto de Lei que prevê criação da verba indenizatória para o Gabinete da Presidência.

A proposta, apresentada pela Mesa Diretora da Câmara, na quarta (22), estabelece R$ 20.042.00 de verba indenizatória para o presidente da Casa. O valor representa duas vezes o salário de um vereador, que é de R$ 10.021,00.

Além do salário, cada vereador de Várzea Grande tem direito a R$ 9 mil de verba indenizatória. No sexto mandato de vereador, Curvo afirma que é normal o benefício para o presidente do Legislativo pelas atribuições a mais. Segundo ele, os presidentes de Câmaras, do Tribunal de Contas do Estado e até da Assembleia Legislativa têm estabelecidas a verba.

“O presidente da Câmara tem mais afazeres do que os demais vereadores”, justifica o parlamentar. Ele diz não entender a resistência até internamente entre os colegas.

Conforme ele, a verba indenizatória está legalizada “em todas câmaras municipais do país e na Câmara Federal. Ele também citou que existe para o presidente da Assembleia Legislativa.

O projeto de Lei está em tramitação e no dia 1º volta a ser apreciada em primeira votação em plenário.

Leia mais