11 de agosto de 2017 - 17:33

Taques aproveita visita de Temer para cobrar investimentos em MT

Governador cobrou dívidas do Auxílio Financeiro de Fomento às Exportações (Fex) e da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab)

Laíse Lucatelli

, da Redação

laise.lucatelli@olivre.com.br

GCom MT/ José Medeiros

Taques e Temer na lavoura de algodão

Taques e Temer na lavoura de algodão em Lucas do Rio Verde

O governador Pedro Taques (PSDB) aproveitou a vinda do presidente Michel Temer a Mato Grosso, na manhã desta sexta-feira (11), para reivindicar investimentos para o Estado, em especial na infraestrutura, além de cobrar as dívidas do Auxílio Financeiro de Fomento às Exportações (Fex) e da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

"O governo federal fez 100 km de estrada em Mato Grosso em dois anos. Cem! Nós fizemos, em dois anos, 1800 km. É muita diferença. Precisamos de mais rodovias estaduais e mais operações de crédito porque Mato Grosso dá lucro", disse Taques em entrevista depois do Fórum dos Governadores da Amazônia Legal, em Cuiabá.

Ele se mostrou satisfeito com a viagem para Lucas do Rio Verde nesta manhã, quando foi inaugurada uma usina de etanol de milho. "Foi muito bom. Levamos seis governadores, dois embaixadores e o presidente ficou muito feliz , assim como o prefeito [Luiz Binotti] e o ministro [da Agricultura] Blairo Maggi. Trabalhamos muito por essa planta. A licença da Sema saiu no prazo correto", disse. 

Taques afirmou que a usina vai movimentar a cadeia produtiva do milho em Mato Grosso, com a utilização de 600 toneladas na primeira fase, podendo chegar a 1 milhão de toneladas. "O milho está saindo muito barato do Estado. Vamos agregar valor com a usina", afirmou.

Leia mais