12 de janeiro de 2018 - 18:57

MP abre procedimento para investigar suposto áudio de Jajah Neves

Segundo a assessoria, será aberta uma notícia de fato para checar se cabe ou não a instauração de um inquérito civil

Gabriele Schimanoski

, da Redação

pautas@olivre.com.br

O Ministério Público Estadual (MPE) vai abrir uma notícia de fato para investigar o áudio em que – supostamente – o deputado estadual Jajah Neves (PSDB) admite repassar a verba indenizatória de R$ 65 mil ao secretário de Cidades, Wilson Santos, titular da vaga.

Segundo a assessoria do MPE, o procedimento antecede a instauração de inquérito. “É um procedimento inicial para ver se cabe ou não a instauração de um inquérito civil”, explicou.

Ainda segundo assessoria, a investigação inicial será aberta pelo do Núcleo de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa. “Mas é cedo para afirmar se a investigação pode ou não resultar em um inquérito”, pontuou assessoria.

O áudio passou a circular em grupos de WhatsApp nesta quinta-feira (11). Procurado pela reportagem do LIVRE, o deputado federal Jajah Neves não foi localizado. Questionado publicamente em grupo de conversas, o parlamentar desconversou e resumiu: “vocês me amam”.

Leia mais