13 de novembro de 2017 - 15:43

Governo do Estado paga mais uma parte dos salários nessa terça-feira

Previsão é pagar servidores que ganham até R$ 12 mil, mas valor só será confirmado depois de fechar o caixa de hoje

Laíse Lucatelli

, da Redação

laise.lucatelli@gmail.com

Ednilson Aguiar/O Livre

 Palácio Paiaguás

Palácio Paiaguás

O governo de Mato Grosso deve pagar, na terça-feira (14), mais uma parte dos servidores. O valor dos salários que serão pagos amanhã ainda não foi definido, pois depende da arrecadação que entrará hoje (13). O LIVRE apurou que a expectativa do governo, até o momento, é conseguir quitar o salário dos servidores que ganham até R$ 12 mil brutos.

Na sexta-feira (10), foram pagos os salários de quem ganha até R$ 5 mil líquidos. Segundo o Gabinete de Comunicação, 88% dos servidores se enquadravam nessa categoria. Segundo fontes, os pagamentos de amanhã devem atender mais 8% dos funcionários, restando a pagar cerca de 4% dos trabalhadores. A previsão oficial do governo é quitar a folha de outubro até o dia 22 de novembro.

Atrasos

A data máxima prevista na Constituição Estadual para o pagamento dos salários é o dia 10 do mês seguinte ao trabalhado. Depois dessa data, os salários têm que ter correção pelo atraso. O pagamento desses juros está na pauta de reivindicação do Fórum Sindical, que deve ter uma reunião na terça com representantes do governo para tratar dos salários.

“Está na pauta a data de pagamento do 13º salário dos aniversariantes de outubro e a compensação financeira pelo dano moral e financeiro junto aos credores e encargos junto a bancos”, informou o presidente do Sindicato dos Servidores da Saúde (Sisma), Oscarlino Alves.

“Lembrando que o Fórum Sindical não está negociando nada ou aceitando nada, até porque data de pagamento de salário é sagrado e inaceitável a mudança com atrasos”, afirmou o sindicalista.

Desde o mês de setembro, os salários do Poder Executivo vêm sendo escalonados em função da crise financeira pela qual passa o governo. Naquele mês, a prioridade foram os servidores da Saúde, Educação e Segurança. Na folha de outubro – que ainda está sendo paga –, o governo optou por fazer o escalonamento por faixa salarial, e pagar primeiro os servidores que ganham menos. Esse foi o mesmo critério adotado em alguns meses de 2016.

01 Comentário(s)

Luiz - 13.11.2017

Nossa, muito obrigado. Temos muito que agradecer. Todo mês esse desespero por parte do governo. Esse salário era para ser pago dia 30/10?. Tomara que não chegue a ficar mais de dois meses atrasado. Descompromisso total...

Leia mais