01 de janeiro de 2018 - 09:46

Papa Francisco aconselha evitar o consumismo e pede pelos refugiados

Em discurso de ano novo, o líder religioso indicou cultivar silêncio diário contra os "estrondos dos comerciais" e as "conversas vazias"

da Redação

, da Redação

Cidade do Vaticano, 01 (AE) - O papa Francisco aconselhou nesta segunda-feira que se abandone a "bagagem inútil" da vida em 2018, evitando-se a "banalidade do consumismo e as "conversas vazias".

O pontífice refletiu sobre como saborear o verdadeiro significado da vida durante a missa de Ano Novo realizada na Basílica de San Pedro. A receita dele para chegar ao essencial inclui realizar um momento de silêncio diário para se estar com Deus.

Fazer isso ajudaria a "evitar que nossa liberdade se veja corroída pela banalidade do consumismo, pelo estrondo dos comerciais, pela torrente de palavras vazias e por ondas avassaladoras de conversas vazias e gritos", segundo o papa.

Francisco recomendou aos fiéis que deixem para trás "todo tipo de bagagem inútil" para "redescobrir o que realmente importa" e começar de novo. Ele ainda convocou os líderes mundiais a fazer mais pelos refugiados e migrantes, a quem chamou de “os mais fracos e necessitados” 


(Com Agência Estado e Agência Brasil)