16 de novembro de 2017 - 14:00

China não concederá alívio de dívida à Venezuela

A China anunciou nesta quinta-feira que não ofereceu qualquer alívio de dívida à Venezuela, mas disse ter confiança de que o país conseguirá lidar com o problema.

, da Redação

pautas@olivre.com.br

China

A China anunciou nesta quinta-feira que não ofereceu qualquer alívio de dívida à Venezuela, mas disse ter confiança de que o país conseguirá lidar com o problema.

O comunicado do Ministério das Relações Exteriores veio um dia após a Rússia e a Venezuela assinarem um acordo em Moscou que prevê o pagamento de US$ 3,15 bilhões da dívida em 10 anos. Para comparar, a Venezuela deve US$ 23 bilhões à China.

"Nós acreditamos que o governo venezuelano e seu povo são capazes de lidar de maneira apropriada com a questão da dívida", disse o porta-voz do ministério, Geng Shuang.

O Ministério da Fazenda da Rússia anunciou na quarta-feira que os pagamentos da Venezuela serão "mínimos" durante os primeiros seis anos. O acordo permitirá à Venezuela alocar mais fundos para desenvolvimento econômico, segundo o ministério russo.

Sob o regime do presidente Hugo Chávez, a Venezuela usou sua riqueza em petróleo em programas sociais. A economia foi afetada pela queda global dos preços da commodity. Fonte: Associated Press.

(Com Agência Estado)