13 de setembro de 2017 - 10:33

Polícia Civil fecha mais cinco pontos de apostas de jogo do bicho

Cinco pessoas foram conduzidas à delegacia em operação da PJC

da Redação

Cinco pontos de apostas do jogo do bicho no município de Rosário Oeste (128 km ao Norte de Cuiabá) foram desarticulados pela Polícia Judiciária Civil, na tarde de terça-feira (12/9).

No total, cinco pessoas foram conduzidas à delegacia, três delas acusadas de promover a contravenção penal.

A operação, denominada "Bicho Legal", foi voltada a combater a modalidade do jogo feita com máquinas de cartão de crédito. A Polícia Civil acredita que a central funciona em outro estado, possivelmente em Goiás.

"Nesse jogo do bicho as apostas são feitas eletronicamente. Conseguimos fechar cinco pontos na cidade, que estavam realizando essa contravenção penal", disse o delegado Walter de Melo Fonseca.

Durante a operação, os policiais apreenderam vários recibos de apostas em valores altos, variando entre R$ 500 e R$ 600.

De acordo com o delegado, a ação iniciou após policiais da Delegacia de Rosário Oeste receberem informações sobre pontos em que eram realizadas apostas de jogo do bicho.

Com base na denúncia, a equipe de investigadores saiu em diligências e, em uma loja próxima à Delegacia, os policiais encontraram o suspeito de gerenciar o ponto de apostas.

No momento da abordagem, havia dois apostadores no local. A máquina de apostas e comprovantes de jogos feitos naquele ponto foram recolhidos.

Em seguida, os policiais seguiram para outro endereço, no bairro Santa Izabel, onde detiveram o segundo suspeito, que também estava registrando apostas de jogo do bicho.

Sabendo da ação da Polícia, o terceiro suspeito de promover a atividade ilícita compareceu a Delegacia de Rosário Oeste para entregar a sua máquina de apostas.

Os envolvidos assinaram Termo Circunstanciado de Ocorrência pela contravenção penal do jogo do bicho, no artigo 51 da Lei de Contravenções Penais, e foram liberados.

(Com assessoria)