11 de outubro de 2017 - 10:04

Mulher de 41 anos morre atropelada por policial militar

Ela tentava atravessar a rua quando foi atingida; a vítima morreu na hora

Karina Cabral

, da Redação

karina.cabral@olivre.com.br

Rogério Duroure

Atropelamento Várzea Grande

Com o impacto a mulher morreu na hora

Márcia Morais Jardins, de 41 anos, morreu, na noite desta terça-feira (10/10) após ser atropelada na Avenida Ulisses Pompeu Campos, no Bairro Figueirinha, em Várzea Grande.

A vítima estava no canteiro central da via e tentava chegar à calçada quando foi atingida por um Corola preto, dirigido pelo policial militar W.P.S., de 32 anos.

O condutor trafegada sentido Curva da Morte, do Bairro Água Vermelha. O acidente aconteceu em frente a um motel da região.

Com o impacto a vítima foi arremessada por alguns metros. Ela morreu na hora. O motorista não teve ferimentos, somente o carro foi danificado.

No boletim de ocorrência, consta que a pista estava seca, é iluminada e sinalizada.

O motorista disse aos policiais da Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran) que lembrava do forte impacto e posteriormente da tentativa de manter o controle do veículo.

Ao perceber o atropelamento, ele parou o carro e chamou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a Polícia Militar, através do 190.

Em seguida o condutor sinalizou a via, para que outros carros não atingissem a vítima.

Foi realizado o teste do bafômetro no condutor, que deu negativo. Ele será indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Segundo o Deletran, câmeras do motel poderão ajudar a visualizar o momento do atropelamento e solucionar o caso.

Galeria de Fotos