17 de julho de 2017 - 09:25

Garoa aumenta casos de queda de motociclistas em Cuiabá e VG

Guarda Municipal de Várzea Grande recomenda redução da velocidade; maioria dos casos não é grave

Laura Nabuco

, da Redação

laura.nabuco@olivre.com.br

 

Helson França/O Livre

Trânsito motociclista chuva

Motivos dos acidentes é a garoa da manhã desta segunda-feira

Mais de 20 chamados de acidentes no trânsito de Cuiabá agitaram a manhã desta segunda-feira (17) para os profissionais que atuam no Centro Integrado de Operações de Segurança Pública de Mato Grosso (Ciosp-MT). O maior número de ocorrências envolve motociclistas.

De acordo com a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), em apenas uma hora foram registrados 13 acidentes com motos e 3 com carros, em Cuiabá, e 7 em Várzea Grande, sendo 5 envolvendo motociclistas e 2 envolvendo carros.

Coordenador de ocorrências da Guarda Muncipal de Várzea Grande, o agente Alexander Ortiz afirma número de ocorrências desta manhã foi muito acima da média. “Geralmente atendemos um ou dois chamados por semana”, diz.

A explicação é a garoa fina desta manhã, aliada à sujeira acumulada na pista por conta dos últimos dias sem chuva. “A chuva lava a pista. Já a garoa, deixa ela ainda mais lisa, porque se mistura com a poeira e o óleo acumulados. Isso deixa tudo muito mais perigoso”, explica Ortiz.

De acordo com o agente da Guarda Municipal, em Várzea Grande, a maioria das quedas registradas até às 9h não foram casos graves.

Somente um registro precisou de atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ele ocorreu na Avenida da FEB e o motociclista teve uma fratura na perna. “Eles [os paramédicos] foram chamados porque o motociclista não estava conseguindo se levantar”, conta.

A orientação da Guarda Municipal de Várzea Grande é reduzir a velocidade. “Como o asfalto está escorregadio, qualquer freada – principalmente com a roda dianteira – pode causar uma queda. Hoje é preciso ter mais atenção do que nos dias de chuva”, aleta Ortiz.

(Atualizada às 10h09)

Leia mais