13 de setembro de 2017 - 08:15

Agentes de saúde cobram pagamento de adicional

Sindicato afirma que governo federal tem repassado o dinheiro à prefeitura, mas que categoria não tem recebido

Laura Nabuco

, da Redação

laura.nabuco@olivre.com.br

Agentes comunitários de saúde e de combate a endemias estiveram na Câmara de Cuiabá na manhã de terça-feira (12/9) reivindicando o pagamento de um adicional a seus salários.

Segundo a presidente do sindicato que representa a categoria, Dinorá Magalhães, o recurso tem sido repassado pelo governo federal para a prefeitura, mas os profissionais não têm recebido o dinheiro, que deveria ser pago em uma única parcela anual.

Ainda conforme a sindicalista, a explicação do município para o problema é a ausência de uma lei que regulamente o pagamento. Cada um dos 980 agentes teria direito a receber R$ 1.014 por ano, valor equivalente ao salário de um mês de trabalho.

“Santo Antônio do Leverger já pagou, Chapada dos Guimarães já pagou, Acorizal já pagou. Todo mundo já pagou e nós estamos aqui. Agora a gente resolveu partir para cima. Se não recebermos, vamos fazer paralisação. Vamos brigar com unhas e dentes”, disse Dinorá.

Apesar de não ter havido sessão plenária sob a alegação de falta de quórum, o líder do prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB), o vereador Lilo Pinheiro (PRP), recebeu o grupo de agentes de saúde.

O parlamentar sugeriu que uma comissão formada por vereadores e representantes da categoria se reúna com a secretária de Saúde da capital, Elizeth Lúcia de Araújo, para tratar do tema. Segundo Lilo, a reunião deve ocorrer na tarde desta quarta-feira (13/9).

Prefeitura afirma que repasses estão regulares

Em nota, a prefeitura de Cuiabá afirma que o Programa de Agentes Comunitários de Saúde é um programa custeado pelo governo federal, no qual são repassadas 13 parcelas fixas, incluindo o incentivo adicional. A prefeitura alega ainda que os valores vindos da União devem ser aplicados em todo o programa, em itens como salários dos agentes, encargos patronais e condições para a realização do trabalho como uniformes, filtros solares e outros.