09 de novembro de 2017 - 12:46

Música autoral é foco do 'Cantautores' nesta quinta-feira

Lidiane Barros

, da Redação

lidiane.barros@olivre.com.br

Músicos dedicados à produção autoral compõem a série de apresentações do projeto Cantautores que ocorre às quintas-feiras, no Metade Cheio. Na edição de hoje, o público confere show intimista com Wanessa Dias e Branco de Barros. O burburinho, começa às 20 horas e a contribuição aos músicos é voluntária. O idealizador do projeto, o cosmopolita artista, André Coruja, é quem "convida".

Wanessa Dias

 

Wanessa Dias é cantora, compositora e instrumentista. Em seu repertório, revela canções de MPB, pop rock, samba e outras músicas ao som da viola mato-grossense. À ocasião, apresenta ao público o álbum Bendita seja Ela, com as cançõesSabiá Sabido, Mar Sereno e as novas, Primaverou e Revelar, já disponível nas redes sociais da artista.

Divulgação

Branco de Barros

Já Branco de Barros, é um dos expoentes da música regional com grande contribuição ao cenário mato-grossense. Já o “mediador”, André Coruja é compositor nascido Macapá-AP. Segundo ele, com essa origem amazônica, se alimenta das tradições de cantautores dos dois hemisférios e produz suas canções de poesia influenciadas pelo existencialismo.

“Cresci e comecei a carreira em Belém, mas já vivi no Canadá e em outros países da Europa. Cheguei a morar seu carro, van, uma ‘carrinha amarela’, que era o suporte para fazer música de rua no continente europeu, convivendo com outros artistas de muitas nacionalidades, em trocas culturais”, conta. Essa interação trouxe benefícios à sua música. Depois, estabeleceu-se em Mato Grosso – onde vive há três anos - e atua na cena local como cantor, compositor e produtor cultural.

Divulgação

André Coruja

Leia mais