06 de dezembro de 2017 - 15:02

Luciano Huck estava há dois anos de olho no Papai Noel Pantaneiro

A equipe do Livre acompanhou a gravação e te garante: será uma linda surpresa

Karina Cabral

, da Redação

karina.cabral@olivre.com.br

Reprodução/Internet

Papai noel

A gravação pegou todo mundo de surpresa e o programa deverá ir ao ar no dia 23 de dezembro

Cuiabá ficou em alvoroço na manhã desta quarta-feira (6) com a visita de Luciano Huck a Clovis Matos, no shopping Três Américas. A produção do programa já estava há dois anos “de olho” no Papai Noel Pantaneiro, esperando a oportunidade certa para lhe fazer uma surpresa.

O LIVRE foi até a casa de Clovis, no Bairro Boa Esperança, para acompanhar a gravação. Fomos proibidos de contar o segredo, mas garantimos: a surpresa será maravilhosa. Clovis ficou até com lágrimas nos olhos.

A primeira ideia, quando todos souberam da presença do apresentador, era de que Clovis participaria do quadro "Lata Velha", visto que a Furiosa, sua camionete companheira nas ações do Inclusão Literária, estragou em junho deste ano.

Porém, tudo que podemos adiantar é que o quadro não será esse, mesmo sendo tão bom quanto.

O primeiro contato da produção com Clovis foi na Bienal do Livro, em Pernambuco, mas, desde então, eles não entraram mais em contato com o historiador. Até ontem à noite, quando começaram as famosas armações do Caldeirão do Huck para que Clovis fosse surpreendido.

A participação do Papai Noel Pantaneiro deverá ser a abertura do Caldeirão especial de Natal, no dia 23 de dezembro.

Huck no 3 Américas

A chegada de Luciano fez com que muitas pessoas que trabalham no Três Américas corressem para o trono do Papai Noel, que está no piso 1, do lado direito do shopping.

Elaine Guimarães, 32 anos, que é gerente da loja Kopenhagem, foi a única que conseguiu conversar com Luciano e deve inclusive participar da matéria, visto que foi gravada pela equipe.

“Ele estava com o Papail Noel, me chamou e eu conversei com ele. Eu falei que meu sonho era ser atriz e a Globo não tinha me conhecido ainda. Aí ele foi, me chamou, fez um textinho básico lá e foi isso. Eu adorei ter contato com ele, tenho certeza que ele vai lembrar da menina cuiabana que ele falou”, disse a gerente.

Hulk

Elaine tirando uma selfie com Luciano Huck

Antônia Delfino, 31 anos, é a funcionária que trabalha mais próxima do local do encontro do apresentador com o Papai Noel: o quiosque em que ela fica é exatamente em frente à decoração de Natal do Shopping. Ela contou que estava de costas e, quando virou, foi surpreendia com Luciano sentado no trono, com Clovis.

“Ele (Clovis) falou que estava aqui por causa de umas crianças de uma creche, então eu entendi que era isso. De repente, o Luciano Huck estava aqui, pensei: ‘vai ver é com as crianças’, mas depois vi que não tinha criança”, disse ela, aos risos.

“Ninguém sabia, aí todo mundo começou a falar 'Luciano Huck!' e eu corri pra lá, para ver ele. E eu fiquei muito feliz, porque tive a oportunidade de ficar bem próxima dele, de conversar com ele, de encenar com ele”, lembrou Elaine, ainda em êxtase pela participação no programa.

A Luciano, a gerente é só elogios. “Eu gostei porque ele não é aquela pessoa que é só na televisão, pessoalmente ele é igualzinho, dá atenção, conversa”, contou.