13 de julho de 2017 - 07:00

Cinco músicas que marcaram o rock em MT

Listamos canções que, desde a década de 1960, estiveram presentes na cultura rock’n’roll no Estado

Mikhail Favalessa

, da Redação

mikhail.favalessa@olivre.com.br

O rock n’roll em Mato Grosso tem um histórico com boas bandas e de vertentes das mais variadas. Da década de 1960 com Jacildo e Seus Rapazes até 2017 com Ponto Seis, artistas cuiabanos criaram canções que marcaram quem gosta do gênero. A seguir, listamos cinco músicas que fazem parte da história do rock regional.

Strauss – A Lua
Em 1997, a Strauss gravou seu primeiro disco, que levava o nome da banda, e incluiu o que seria uma canção digna de hit. Entre as músicas próprias do grupo, o CD tinha a canção “A Lua”, um compilado de trechos de músicas sertanejas e folclóricas. A mistura de rock e elementos regionais funcionou e o grupo tocou por diversas cidades do país.

Vanguart – Semáforo
Durante seus anos de glória, a MTV revelou algumas bandas do rock nacional. Uma cuiabana estava entre elas: Vanguart. Com o hit “Semáforo”, o grupo circulou por todo o país e começou a galgar uma carreira que continua firme até hoje.

Ponto Seis – Me deixe sonhar
Parte da nova safra cuiabana, a Ponto Seis é uma aposta do produtor Rick Bonadio, responsável pela produção de grupos como Charlie Brown Jr, Mamonas Assassinas e outros artistas do rock nacional. “Me deixe sonhar” é a primeira canção lançada depois do início da parceria, que já teve uma segunda música lançada, “Sinto sua falta” de 2017.

Jacildo e Seus Rapazes – Malu
Em 1966, o grupo liderado por Jacildo de Jesus partiu para São Paulo a bordo de uma Kombi para gravar o que seria o primeiro registro de um grupo de rock mato-grossense. A canção é uma das principais faixas do disco “Lenha – Brasa e Bronca”, ícone da música local.

Rhox – Derruba Batalhão
Nos anos 2000, a cena local de rock estava efervescente, com dezenas de bandas, shows semanais e festivais como Calango e Grito Rock no auge A banda Rhox surgiu em meio a este cenário e lançou, em 2008, uma das músicas que fez muita gente balançar a cabeça durante suas apresentações no cenário underground da cidade.

03 Comentário(s)

Leonel Mirejja - 09.08.2017

Só um arremate, este 1º CD da Strauss foi gravado e lançado em 1995, sem conteúdo de música sertaneja, com esta versão de "A Lua" trazendo em seu bojo, a própria, logicamente, além de duas outras canções provenientes exclusivamente do chamado 'Rasqueado Cuiabano".

Ricardo Sardinha - 09.08.2017

Só para destacar que no Clipe da Strauss, em determinado momento, tem uma Senhora tocando mocho e um pessoal dançando rasqueado. A Senhora é a Dona Domingas criadora do Grupo Flor Ribeirinha que acabou de ganhar um prêmio internacional de folclore e os dançarino são o embrião desse grupo. #históriadorockedacultura

Ricardo Sardinha - 09.08.2017

Muita honra em fazer partes dessa lista!!

Leia mais