11 de setembro de 2017 - 06:30

Vamos introduzir o verbo "segundar" em nossas carreiras?

Nutrimos verdadeira adoração pela diversão que as sextas-feiras prometem. Que tal dedicar a mesma energia para as possibilidades que a segunda oferece?

Danillo Rodrigues

, da Redação

Já pensou em ser apaixonado pela segunda-feira como somos obstinados pela sexta-feira, a ponto de criarmos um novo verbo-interjeição: “sextou”!

As oportunidades não tem dia, nem hora marcada. Então, imagine as segundas-feiras como uma sexta, porém repleta de novas possibilidades para sua vida e carreira, não apenas para a diversão que o último dia da semana promete.

Ao invés de reclamar que tem que acordar cedo para trabalhar em plena segunda, imagine as mais de 12 milhões de pessoas que não “sextaram” por falta de uma oportunidade de trabalho nos outros quatro dias da semana.

Sextar tem a sua hora H, que tem que ser respeitada. Mas crescer na vida, não tem hora, é uma marcha constante.

Enquanto “sextar” marca um verdadeiro divisor de águas, a promessa de liberdade nos dias seguintes, que tem início com a despedida solar de sexta e dura até o finalzinho do domingo.

O problema começa quando o “sextar” vira o objetivo de todos os outros dias da semana. Infelizmente, há pessoas que estão “sextando” todos os dias e deixam as oportunidades passarem. Fiquem atentos! Uma possibilidade que passou não volta.

Outras pessoas que já nasceram vislumbrando todas as oportunidades e contagiam os outros com seu astral e energia, costumam nutrir o comportamento de “sextar” na hora certa e introduzem um conceito importante para o crescimento profissional: o “segundar”.

Melhor do que transformar somente a sexta-feira em verbo, num convite para curtir a alegria, que tal transformar a segunda em um verbo igualmente potente, mas com um objetivo diferente? Isso gera um grande valor e propósito em sua vida, além de trazer grandes possibilidades de avanço.

O que acha de segundar para agradecer o que tem e buscar novos desafios em sua vida? Como especialista em carreiras, garanto que esse tipo de sentimento e de comportamento vem formando grandes profissionais no mundo todo. Bora segundar?