13 de julho de 2017 - 16:57

Valor bruto da produção chega a R$ 536 bilhões

Mato Grosso é responsável por cerca de 13% do valor, o equivalente a R$ 68,9 bilhões vindos das lavouras e da pecuária

Gabriele Schimanoski

, da Redação

gabriele.schimanoski@olivre.com.br

Ednilson Aguiar/O Livre

Colheita de milho

Produção de milho e soja representam 44% do valor das lavouras brasileiras

O valor bruto da produção anual brasileira deve chegar a R$ 536 bilhões, o que representa um aumento de 4,3% em relação ao ano anterior (R$ 514 bilhões). O acréscimo é decorrente das estimativas de safra recorde, que variam entre 237 e 240 milhões de toneladas, segundo a Conab e IBGE, respectivamente. A estimativa foi divulgada nesta quinta-feira (13) pela Secretaria de Política Agrícola (SPA) do Ministério da Agricultura (Mapa).

Mato Grosso é responsável por cerca de 13% do valor bruto da produção do país com R$ 68,9 bilhões. A maior parte vem das lavouras de soja, milho e algodão, em que se somadas com as demais culturas chega a R$ 54,9 bilhões, enquanto a pecuária deve alcançar quase R$ 14 bilhões.

Em relação ao Brasil, as 20 principais lavouras apresentaram aumento real de 9,8% e a pecuária um recuo de 6%. O valor das lavouras é estimado em R$ 367,6 bilhões. Milho e soja representam 44,7% desse montante. Já a pecuária está estimada em R$ 168,4 bilhões.

Segundo o coordenador-geral de Estudos e Análises da SPA, José Garcia Gasques, o que mais chama a atenção no resultado desse ano é o aumento na produtividade, em que a média é de 22,3%. “Não há registro de percentuais como esse em ciclos anteriores”, afirmou. O aumento, acrescenta, é resultado da safra de verão, pois, as lavouras de inverno registraram retração na produtividade de 9,7%.

Conforme o estudo, os números estão praticamente consolidados, pois não deve haver variações significativas nos números do IBGE e Conab.

Leia mais