11 de agosto de 2017 - 14:54

Ministério da Agricultura publica edital para contratar 300 veterinários; MT tem 33 vagas

Profissionais serão contratados por um ano, com a possibilidade de prorrogação por mais um ano; salário será de R$ 6,7 mil

Maria Angélica Oliveira

, da Redação

maria.angelica@olivre.com.br

Ednilson Aguiar/O Livre

Fiscal agropecuário

Nesta sexta-feira (11), o governo federal publicou o edital para a contratação temporária de 300 veterinários para trabalhar na inspeção dos abates em frigoríficos. Do total de vagas, há uma reserva de 20% para negros.

Os profissionais serão contratados por um ano, com a possibilidade de prorrogação do contrato por mais um ano. O salário será de R$ 6.710,58 para uma jornada de 40 horas por semana.

Há vagas para 18 Estados e para o Distrito Federal: Acre, Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins.

Para Mato Grosso, são 33 postos de trabalho nos seguintes municípios: Pontes e Lacerda (1 vaga), Juara (1), Guarantã do Norte (1), Sorriso (4), Cáceres (2), Barra do Bugres (2), Nova Xavantina (2), Nova Marilândia (3), Várzea Grande (3), Mirassol D'Oeste (3), Nova Canaã do Norte (1), Araputanga (1), Confresa (1), Lucas do Rio Verde (2), Nova Mutum (3), São José do Rio Claro (1) e Rondonópolis (2).

Ednilson Aguiar/O Livre

 frigorífico carne

 

Crise e embargo

As contratações foram solicitadas pelo ministro da Agricultura, Blairo Maggi, ao ministro do Planejamento, Dyogo de Oliveira, no fim de junho, em meio ao embargo à carne brasileira nos Estados Unidos.

O objetivo da contratação temporária é superar o problema criado pela necessidade de contratar auditores fiscais até que seja realizado concurso público para aumentar o quadro desses profissionais. 

Maggi ressaltou na ocasião que a falta de pessoal impede, por exemplo, a abertura de plantas frigoríficas, o que atrasa o aumento da produção nacional.

“No Paraná, tem uma planta pronta para abrir, com capacidade para abater 2,5 mil cabeças por dia, mas está fechada porque não temos profissionais do ministério. É uma vergonha”, disse o ministro, à época.

Inscrições e prova

Para se candidatar, é preciso ter diploma de nível superior em medicina veterinária e registro ativo nos conselhos regionais ou federal de medicina veterinária.

As inscrições serão abertas no dia 14 de agosto, com taxa de R$ 100, e vão até o dia 20 do mesmo mês.

A prova objetiva, com 40 questões, será aplicada no dia 17 de setembro nas seguintes cidades: Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Goiânia, Manaus, Palmas, Porto Alegre, Porto Velho, Recife, Rio Branco, Salvador, São Luís, São Paulo e Teresina.

Também serão avaliados a experiência dos candidatos e seus títulos. O resultado final sai no dia 6 de novembro.

VEJA AQUI O EDITAL 

Galeria de Fotos

Leia mais