09 de outubro de 2017 - 18:44

Sem suplementação

da Redação

A Prefeitura de Cuiabá emitiu nota dizendo que o prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) lamenta o impacto que a falta de suplementação dos repasses causou ao Poder Legislativo. Nesta segunda-feira (9), a Câmara Municipal exonerou 460 servidores comissionados devido ao impasse envolvendo a suplementação de R$ 6,7 milhões.

Confira a nota na íntegra:

Nota de esclarecimento

Diante da decisão judicial que determinou a suspensão de repasse, por meio de suplementação orçamentária, da Prefeitura Municipal de Cuiabá à Câmara Municipal de Cuiabá, o prefeito Emanuel Pinheiro reitera sua posição de fazer cumprir o que determina a Justiça.

O chefe do Executivo Municipal lamenta que a não suplementação tenha causado grande impacto nas finanças do Poder Legislativo. No entanto, o prefeito reafirma seu compromisso com a municipalidade e com a harmonia entre os poderes e instituições.

Secretaria de Inovação e Comunicação

Confira Também: